Qual é a melhor Bíblia em Português? Autor: Pastor Luís F.Guerreiro

Introdução: Hoje em dia a maioria dos cristãos não sabe, ou não tem a certeza sobre quais sejam as exactas palavras que Deus falou originalmente e nem qual a Bíblia que ele deva usar no seu dia á dia. E tudo isso sucede porque geralmente a cada 3 anos surge uma nova versão bíblica em português, e cada versão procura ser sempre melhor que a versão anterior como se fosse possível ao homem corrigir, ou modificar aquilo que Deus falou. Antigamente todos os cristãos só usavam um tipo de Bíblias tais como as do ramo Corrigidas e não nenhuma diferença entre elas que afectasse uma única doutrina cristã. Hoje em dia pelo contrário temos múltiplas bíblias como a ARA, NVI, BLH e VIVA as quais se contradizem entre si mesmas, anulam, ou diminuem várias doutrinas cristãs e pouco diferem das Bíblias usadas pelos Testemunhas de Jeová, ou pelo catolicismo romano. Satanás tem interesse em que haja hoje várias versões Bíblicas contra dizentes pois desta forma semeia confusão e gera a dúvida entre os cristãos acerca do que seja na realidade a imutável palavra de Deus. O cristão tem como fundamentos do edifício de sua fé cristã todas as palavras que Deus falou, e Se forem destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo? Sl 11:3

 

1-Hoje em dia, muitas pessoas questionam: “Será que Deus inspirou mesmo e preservou a sua palavra?”

Mas a própria palavra de Deus nos responde:

 2Tm 3:16,17“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargir, para corrigir, para instruir em justiça;Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

2Pe 1:20,21“Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

Mt 4:4Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

Mt 5:17,18“Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.

Mt 24:35O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.

2-E se Ele inspirou a sua palavra como é que ela chegou até nós? E como a temos em mãos nos dias actuais?

A palavra de Deus chegou até nós através de cópias fiéis dos originais (que também eram conhecidos como livros autógrafos), e através de traduções fidedignas dessas mesmas cópias. Tal como na história das tábuas da lei originais que Moisés quebrou quando desceu do monte Sinai registada em Ex 24.12; e 34.1, e do rolo escrito por Baruque que o Rei Jeoiaquim queimou na fogueira relatada em Jr 36 cujas palavras contidas neles foram novamente escritas e preservadas, bem como nas traduções encontradas dentro da própria escritura: Mt 1.23; Mc 5.41; 15.34; Jo 1.38; 1.41; At 4.36; e 9.36. E por último da ordem de Jesus dada em Mc 16.15 que diz: “Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda a criatura.” Ora, para que a ordem do nosso Senhor e salvador Jesus Cristo fosse devidamente cumprida pelos seus discípulos, obviamente estaria pressuposta a tradução da sua palavra para as várias línguas faladas em todos os povos da terra. De outra maneira nunca se poderia pregar o evangelho nas línguas originais com que foi escrito que são o hebraico arcaico, o aramaico e o grego Koiné pois deste modo a maioria das pessoas jamais se iriam converter a Jesus Cristo por não entenderem a sua palavra. Leia: Ef 2.8; Rm 10.17.

3-Mas alguém poderá falar: ”Mas a Bíblia não foi corrompida?”

E eu retrucaria: “Como é que o Deus que prometeu preservar a sua palavra deixaria de cumprir a sua promessa?”

A resposta é um claro não! Pois embora saibamos que sempre houve aqui e ali “falsificadores da palavra de Deus” tal como nos dias do apóstolo Paulo todavia o Deus que não pode mentir sempre arranjou maneira de cumprir as suas promessas de preservar cada uma de suas palavras e por isso sabemos que sempre houve copistas fiéis usados por Deus que cuidadosamente e em todas as épocas fizeram cópias 100% fiéis das escrituras originais, e também tradutores que traduziram fielmente essas mesmas cópias para cada língua falada desde a antiguidade até aos dias atuais.

4-Ora se Deus inspirou e preservou mesmo a sua palavra onde é que a poderemos encontrar? Está ela em todas as versões?

Não! Mas somente em Bíblias que foram fielmente traduzidas a partir do Texto Recebido pelo método de tradução de equivalência literal e formal como as Bíblias ACF (que é a melhor versão em português) e a Bíblia ARC.

5-Outros poderão questionar: “Será que a palavra de Deus é o mesmo que a Bíblia?”

Sim. Pois a palavra bíblia vem da palavra grega biblion e significa vários livros, ou uma biblioteca. E sabemos que a Biblia é uma biblioteca que tem 66 livros inspirados contendo todas as palavras que Deus inspirou, os quais, são a palavra de Deus inspirada e preservada!

6-Será que todas as bíblias são a palavra de Deus?

Não! Nem todas as Bíblias são dignas de ser chamadas: A palavra de Deus!

7-Será que elas são todas iguais dizem todas a mesma coisa?

Não! Pois são todas diferentes e dizem coisas diferentes!

8-Será que não existe nenhuma contradição entre as várias versões, ou traduções da Bíblia?

Existem sim muitas contradições entre as Bíblias modernas e corrompidas como a ARA,NVI,VIVA, ou BLH  entre si mesmas, mas também entre estas Bíblias e as Bíblias tradicionais como a ACF, ou a ARC. Exemplo Sl 116.15\Fp 1.21; Jo 5.24

9-Será que as diferenças que existem entre as várias versões bíblicas não anulam nenhuma doutrina do cristianismo, e que essas diferenças são apenas uma questão de uso de palavras sinónimas?

As diferenças que existem entre as várias versões anulam de facto várias doutrinas bíblicas e não são apenas coisas menores como o uso de sinónimos. Tal como as doutrinas da expiação pelo sangue de Cristo, sua divindade, salvação pela graça, inferno como lugar de tormento, etc. Várias doutrinas são diminuídas, distorcidas, ou mesmo anuladas pelas Bíblias modernas e corruptas como a NVI, ARA, e na BLH.

10-Será que todas as diferentes Bíblias são dignas por ser utilizadas por um pastor, pregador, ou um simples cristão?

Não, mas somente devem ser utilizadas as Bíblias tradicionais como a ACF e a ARC que foram fielmente traduzidas do Textus Receptus, ou Texto Recebido (que é um conjunto de manuscritos): maioritário, de melhor origem, sempre utilizado pelos cristãos fiéis em todas as igrejas desde o século 1º até ao século 19, e que é amplamente concordante entre si.

11-Será que a cada versículo da Bíblia devemos ser nós a determinar qual é a Bíblia está mais correcta e que é a palavra de Deus como defendem muitos seminários e doutores em teologia, ou será que a autoridade suprema não se encontra em nenhuma pessoa em si mas está própria palavra de Deus?

É óbvio que não somos nós quem determinamos o que a cada versículo nos pareça ser a palavra de Deus, utilizando para isso várias versões contraditórias mas sim isso devemos saber que a autoridade suprema para conduzir as nossas vidas está na própria palavra de Deus. É ela que nos deve comandar e não nós a ela! E por isso temos que ter mãos, uma boa versão que seja a palavra de Deus fielmente traduzida para a nossa linguagem e que sirva de base para qualquer estudo, ou ministração!

12-O que é que Bíblias modernas como: a NVI, ARA, VIVA, BLH tem em comum?

1-Todas elas foram traduzidas a partir do Texto Critico que é um texto inferior ao Texto Recebido porque:

a)É minoritário correspondendo somente a menos de 1% das evidências textuais do NT (cerca de 45 manuscritos gregos deste tipo de texto que chegaram até nós), enquanto, que o Texto Recebido possui 99% das evidências textuais (cerca de 5210 manuscritos).

b)É de pior origem: pois foi descoberto, utilizado e conservado em Alexandria e no Egipto (que era o berço do gnosticismo e o local onde as escolas filosóficas platónica e aristotélica entraram no cristianismo, bem como o berço das escolas de interpretação alegórica das escrituras que deram a base para o surgimento mais tarde da Alta Critica textual e do liberalismo e modernismo teológico).

c)É um texto tardiamente usado em traduções que somente começou a ser utilizado como base de tradução de Bíblias a partir do ano de 1881 por 2 hereges e apostatas da fé chamados Westcott e Hort os quais eram Evolucionistas, fãs de Darwin e ecuménicos simpatizantes de Roma. E Pode uma árvore má dar frutos bons? Leiam Mt 7.18

d)É um texto altamente contraditório entre si mesmo tanto é que não encontramos sequer 2 manuscritos dentro do Texto Critico que concordem entre si. Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.”1 Co 14.33.

Só a titulo de exemplo verificamos que os 2 manuscritos tidos pela Alta Critica textual e exaltados pelos doutores modernos da Bíblia, Seminários de Teologia e pelos líderes cristãos liberais como os melhores e mais antigos textos: O códice Sinaiticus, e o códice Vaticanus que são os mais utilizados nas traduções modernas, discordam entre si somente nos evangelhos em 3036 ocorrências e no total 17000 vezes. Como poderiam ser estes a palavra inspirada de Deus?

2-Todas essas Bíblias foram traduzidas não por piedosos e fiéis servos de Jesus Cristo que tivessem a palavra de Deus como 100% inspirada, e 100% preservada e a sua única regra de fé e prática, ou a única fonte de autoridade para as suas vidas mas sim todas as Bíblias modernas tem sido traduzidas por um mistura pessoas contendo muitos inconversos tais como: Católicos, ecuménicos, evolucionistas, modernistas e liberais (os quais são apostatas da fé), e até mesmo homossexuais e lésbicas como Marten Woudstra e Virginia Mollenkott (que foram tradutores da Bíblia NVI). E pode uma árvore má dar frutos bons? Leiam Mt 7.18 e descubram.

3-Todas as Bíblias modernas foram traduzidas não pelo método de tradução literal e formal que procura sempre que possível traduzir uma palavra dos originais por outra palavra (de outra língua) que signifique exactamente a mesma coisa mantendo a sua estrutura gramatical dos originais no seu correspondente directo na língua da tradução. Mas as Bíblias modernas foram traduzidas através de 2 métodos de tradução que nunca poderiam ter sido utilizados em relação ao texto sagrado tais como: A equivalência dinâmica e a paráfrase.

a)Equivalência dinâmica que permite ao tradutor: adicionar e diminuir palavras e até mesmo substituir palavras por outras de sentido diferente do sentido das palavras nos originais. E aqui a autoridade deixa de estar na própria escritura e passa a estar no tradutor que agindo como um deus irá decidir o que manter e o que alterar na sua tradução pois agem eles mesmos como se fossem corrigir Deus pelos seus supostos erros que eles próprios acham que existe na palavra de Deus. Este método foi utilizado na tradução da NVI e na maior parte da tradução da ARA.

b)O outro método é a paráfrase que não é sequer uma tradução mas sim uma livre interpretação. E aceitar isto é inadmissível para um cristão verdadeiro pois traduzir não é interpretar mas sim, traduzir é transportar uma palavra de uma língua original para outra palavra, ou expressão em outra língua mantendo o seu significado original. Esta técnica da paráfrase foi utilizada nas Bíblias VIVA, BLH e sua filha NTLH, BOA NOVA entre outras.

CONCLUSÃO: Como posso saber qual é a melhor Bíblia em Português?

É simples para se saber qual é a melhor tradução basta somente comparar as várias versões entre si, e verificar:    

1-Qual é a Bíblia que não se não se contradiz em si mesma?

2-Qual é a Bíblia que não diminui, distorce, ou anula nenhuma doutrina fundamental do cristianismo?

3-Qual é a Bíblia que não anula no NT o cumprimento de profecias do VT?

4-Qual é a Bíblia que não está mutilada: Faltando versículos, metades de versículos, palavras-chave, e títulos (e nomes deJesus)?-____________________________________________________________________________ ?                                                                                                                                                                                                               5-Por último irá verificar qual é a Bíblia que melhor defende os cristãos contra as doutrinas heréticas das seitas, heresias, e falsas religiões e falsos mestres?

E chegará á mesma conclusão do que eu:

A Bíblia A.C.F., Almeida Corrigida e Revisada Fiel aos originais, conhecida como Almeida Corrigida Fiel da Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil é a que melhor tradução que existe em português e digna de ser utilizada pelos cristãos pois satisfaz todos os requisitos atrás mencionados.

 

                                                                                                                                        

LEIA-A_ AME-A _CREIA NELA_ACEITE O JESUS REVELADO NELA_OBEDEÇA-A_ESTUDE-A_MEMORIZE-A_E UTILIZE-A! 

 

Autor:Pr.Luis F.Guerreiro